Bio

Formação

Natural de São Paulo, Alexander Souza é músico multi-instrumentista, compositor, produtor e educador. É saxofonista (alto, tenor e soprano) e flautista (transversal, flauta em sol e piccolo), formado na área de MPB/Jazz, pelo Conservatório de Tatuí (1995), onde estudou também música clássica (1988-1992). 

 

Além de seu trabalho mais autoral (Sopro Rural, Ary Caymmi), Alexander tem desenvolvido também ações como produtor, promovendo projetos coletivos de grupos (Saxomania, Casa de Marimbondo) de modo mais intenso desde 2015, tendo realizado diversas agendas e espetáculos.

 

Foi professor do curso de MPB/Jazz do mesmo Conservatório na área de Saxofone, Prática de Conjunto (2004-2010), monitor do grupo pedagógico e artístico “Jazz Combo” (2009-2015) e professor na área de sopros e regente auxiliar de big band CEU - Jambeiro (2003-2005). Foi aluno do curso de Licenciatura em Educação Musical pela Universidade Federal de São Carlos no período de 2013 a 2016 (não concluído). Estudou “Composição e Orquestração” com Edson Beltrami e “Som para Cinema e TV” na Academia Internacional de Cinema – AIC (2015), em São Paulo. Tem formação técnica em sonoplastia pelo SENAC-SP (2015).

Premiações

Melhor Instrumentista no Festival de Música Popular de Avaré - FAMPOP (2000) e recebeu “Prêmio Revelação” com a composição “Brasil em 3x4” no Festival Instrumental de Americana (2000).

Gravações

Contabiliza participações em vinte Cds, sendo quatro discografias em grupos “André marques e a Vintena brasileira”, “Casa de Marimbondo”, “Jazz Combo” e "Lupa Santiago, Paulo Flores e Jazz Combo do Conservatório de Tatuí".

Atuações

Atuou como músico solista em grupos de várias formações como duos, quartetos, música de câmara, big bands, orquestras e bandas sinfônicas, tendo trabalhado sob regência de maestros, compositores e arranjadores nacionais e internacionais. Fez parte dos grupos Jazz Combo do Conservatório de Tatuí, Vintena Brasileira e André Marques, Trovadores Urbanos, Casa de Marimbondo entre outros.

 

Apresentações com artistas e grupos

Em sua carreira apresentou-se com artistas como Elza Soares, Danilo Caymmi, Rosa Passos, Paulo Freire, Vintena Brasileira e Hermeto Pascoal, Léa Freire, Toninho Ferraguti, maestro Laercio de Freitas, Edmundo Vilani-Côrtes, Nenê, John Hollebeck, Ed Sarath, Eduardo Neves, Sara Serpa, Fafá de Belém, Lucila Novaes e Bruna Caram, Max de Castro, Sebastião Biano e Banda de Pífanos de Caruaru, Quinteto em Branco e Preto, entre outros.

Festivais

Participação em diversos festivais no Brasil, tais como: Festival de Campos do Jordão, Chorando Sem Parar, Festival internacional de Londrina, Brasil Instrumental-Tatuí/SP, Santos Jazz Festival, Festival de Artes de Itu, Encontro Internacional de Saxofonistas-Tatuí/SP e Painel Instrumental-Tatuí/SP.

Produções Musicais

Como compositor e produtor musical tem desenvolvido trilhas sonoras para cinema e TV, incluindo curtas-metragens e programas publicitários, tendo produzido trilhas para os canais ESPN e ESPN HD, além de trilhas para áudio-books.

Cia. de Teatro

Atuação como instrumentista (saxofone, flauta, teclado, piano, sanfona e percussão) em espetáculos de teatro e infantis, nas mais diferentes montagens, dentre elas: "Opera de Sabão" (Cia.IVO60), Ouvir para Crescer: Música é Tudo de Bom, sob direção artística de Gustavo Kurlik e musical de Luiz Amato. “Vamos todos cirandar”, "Teatro de Sombras de Ofélia"(Cia. Verde Improviso), “Viagem ao Céu”, “Sítio do Pica-Pau Amarelo” e “Azul ou Encarnado – Um Auto de Natal Brasileiro” (Grupo Teatral Novas Tendências) e Cia. Tempo de Brincar "Ciranda dos Orixás", "Varal de Memórias", Cantos de Assombração. Também dirigiu, ao lado de Sérgio Leoni, os trabalhos musicais do Núcleo de Artes do Instituto Visão Futuro – parque fundado e dirigido por Susan Andrews.

Atualmente

Apresenta-se com a cantora Lucila Novaes, Quinteto de Saxofones e com o grupo Gafieira Instrumental Paulistana do qual é co-fundador. Dedica-se ao show Ary Caymmi - uma releitura instrumental, e ao projeto autoral #Sopro Rural#, que tem como objetivo aproximar a sonoridade da família do saxofone e flauta das raízes da música caipira, valorizando o diálogo entre diversos instrumentos presentes na cultura popular do interior paulista.

 

Acesse: Biografia completa

Documentos/Registros

OMB: 43553 atual liminar

3 VARA FEDERAL

PROCESSO 2006.61.08.007244-9

 

DRT - 0043727(sonoplata - teatro, rádio e tv)

Vintena Brasileira
Pinga e Bozó
Léo Ferrarini
Casa de Marimbondo - Choro Canção

Site desenvolvido por Gramophone Produções Artística - Comunicação integrada

©2018 | Alexander Souza - Todos direitos reservados